Um fórum voltado para o universo de Naruto.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Regra de treinamento alterada, confira aqui !!

Atualização de bônus de clã e K.G, confira aqui!
Evento do cristal aqui !!

Compartilhe | 
 

 [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Shimizu

avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Sab Fev 07, 2015 9:48 pm

Relembrando a primeira mensagem :

[Campo de treino Time01 [Konohagakure]

Descrição: Com as intensas batalhas que ocorreram na região aos tempos antigos, o local acabou por se devastar tendo uma aparência de ruínas antigas onde mudou-se por completo. Essa área fica em meio a uma das florestas dentro dos limites da vila e mesmo depois de tais confrontos os perigos aqui se tornaram mínimos. Localidade que fora escolhida pelo sensei "Jinpachi"  para treinar seu time de gennins composto por Arima, Shimizu e Hideki.
O inabitamento de humanos na floresta é visto como algo comprovado, e por se tratar de um praticamente santuário, o campo não deixou de possuir seus belos, porém destruídos abrigos. [Editarei depois -q]


Última edição por Shimizu em Dom Fev 22, 2015 8:03 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

AutorMensagem
Sensei Shimaru

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qua Fev 11, 2015 11:28 pm

Time 01 de Konogakure

- Shimaru entregou mais pergaminhos aos dois que acabara de chegar.

Jutsus Sharrkan:
 

Pergaminho Shimizu:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shimizu

avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 1:20 am

The sheer of the waters
Estava um pouco reflexiva. Aproveitei que tinha aquele tempo sozinha no campo de treino, afinal desde que cheguei, meus companheiros de time ainda não apareceram. Eles provavelmente estariam fazendo suas missões, correndo atrás de seus objetivos. Por falar nisso, notei que eu sei pouco sobre eles. Quais seus objetivos? Caráter? O que é que eu sei deles? Isso me deixou um pouco preocupada comigo mesma.

Caminhei então pelo lugar, por entre as poucas árvores secas que ali no deserto havia, enquanto encontrava aquele cantinho do lado direito onde eu costumava treinar. Fazia pouco tempo desde que saí daqui em busca de testar a minha força fazendo uma missão, e por mais que fosse de rank D eu acabei voltando diferente. Definitivamente, estava diferente. Eu via as coisas de uma forma diferente, é claro..estava me acostumando com a visão daquele novo olho. Eu sabia que com ele viria uma enorme responsabilidade, e com isso eu deveria arcar com as consequências também, muitos poderiam achar que meu ego e jeito de agir, eu não teria nem capacidade para pensar numa estratégia em campo de batalha, mas é ai que se enganam.

- Isso é só mais um motivo pra mim honrar o meu nome. Não é mesmo, eim eu?- Murmurei, enquanto olhava agora para o céu. Era quase totalmente escaldante e invisível graças as luzes solares que cegavam a quem tentasse vê-lo. Sim, apesar de tudo, o céu ainda estava lá. Em algumas frechas eu conseguia observa-lo, apesar da dificuldade em manter o foco com meus olhos roxeados que eram, digamos, "especiais".

Lembrara das palavras daquele que havia deixado seu legado a mim, que me cuidou e me defendeu a teu seu ultimo suspiro, e isso me trouxe motivação extra. - Ele tinha razão. Somos uma geração que está superando as expectativas dos ninjas antigos. Eu preciso ser forte, preciso me tornar forte, honrar esse meu nome e o legado do papai...-Pausei, enquanto agora fechava os meus olhos, sentindo a brisa do lugar.- Não só o dele, como o meu legado, como a última sacerdotisa!- Concluí enquanto uma pequena quantidade de areia batia em meu rosto juntamente aos ventos.

Respirei fundo, e a imagem que veio na cabeça, foi de imaginar aquele santuário repleto de minhas gerações anteriores. Imaginar como elas estariam, será que conseguiram ir com o papai do céu? Eu não estava mais como antes, sentia a necessidade de lembrar delas, de pensar nelas se estavam bem ou não, mesmos mortas ou não. Isso era uma preocupação normal, e eu passei a entender isso.

Abri então os meus olhos, sentindo como se todo o clima do lugar tivesse mudado. Ao meu redor, senti meu suor deslizar por meu corpo como a brisa que também balançava meus cabelos. O mundo pareceu parar naquele momento, quando ao fim do meu suspiro, eu abri os olhos convicta. Meu objetivo em vida, proteger aqueles ao meu redor, prevenir que o antigo acontecimento não ocorresse, afinal, eu nunca saberia o que realmente havia de acontecer naquela época, os poucos fragmentos que tinha na cabeça não eram o suficiente para deduzir algo acreditável.- É por isso que eu estou treinando. Eu estou certa de que é!- Meus olhos carregavam a força dos meus ideais, lágrimas.... Senti algo estranho sobre mim, a força dos meus ideais, dos meus objetivos..

Enfim, o momento de praticar finalmente chegara. Me dirigia agora a sacola com todas as técnicas que Shimaru-Sensei havia separado para ambos integrantes do time. A que havia sido inspecionada a mim estava bem próxima e logo não demorou até que chegasse a ela. Lá, retirava os pergaminhos contidos, em exato três. Sem mais delongas abriria o primeiro da coluna, onde dera inicio a sua descrição.

Os treinos continuam. Havia dado um certo intervalo de descanso entre eles, para uma missão da qual acabava de chegar. Me sentia satisfeito por ter realizado pela primeira vez um a missão em grupo, o que para minha sorte consegui me dar bem com eles. De qualquer forma, agora deveria me focar em voltar pro treino, pois o tão esperado Chunnin Shiken se aproximava a cada dia. -Tem razão... vejam só, quanto tempo faz desde que entrei nesse mundo?E agora estou tão perto de um grande passo para meu objetivo... - Disse, sorrindo, enquanto observava o amanhecer do local em que eu treinava. 

Com a luz do sol se espalhando pelo local, os cristais pararam de brilhar, e a temperatura que antes era um frio aconchegante, agora era tomado por um calor não muito agradável.De qualquer modo, ainda restavam 4 pergaminhos com Jutsus que eu deveria treinar, e ficar aqui reclamando do calor, não mudaria nada.Caminhei até o local onde os pergaminhos estavam intactos, e puxei um deles a mão.Segurei-o firme, enquanto pensava algo como..."O que será que me aguarda nesse Chunnin Shiken?Desafios como os que eu enfrentava em minha vila? Perguntei.

Minha pergunta ecoou sem resposta na minha mente. Mais não podia me deixar abalar por aquilo logo agora tão perto de uma coisa tão importante. Abri imediatamente o pergaminho, e lendo cada detalhe entendi do que se tratava. Um jutsu muito útil por sinal, mais também que me traziam as mesmas lembranças.

Os malditos Konohagakurianos continuam a ser lembrados me minha mente, sempre que vejo um Jutsus semelhante ao que "ele" usava. "Maldito!Aquele dia em que perdi pra você... foi meu renascimento... e eu jurei que jamais perderia outra vez! Bravejei, perdendo um pouco da compostura. Aquela lembrança de fato era de algum Ninja, shinobi, e que conhecia muitas das técnicas que eu estava aprendendo. Ironia do destino não.

Terminado de pensar, era hora de começar a executar o Jutsu.Por ser de Rank, requeria um gasto mais elevado de chakra, e sozinho eu não poderia treina-lo. Porém, era arriscado usar o Kage Bushin agora, sendo que mal dominei a técnica. O Veredito então foi dado, eu treinaria primeiro a execução da técnica, e depois a prática. Comecei então por manipular meu chakra Suiton, mais aqueles pensamentos continuavam me trazendo certo nervosismo. Era tão complicado lembrar do passado assim mesmo?Satirizei a situação.

De fato eu me conhecia, pois a estimulação do sarcasmo em minha postura, me fez voltar ao normal, convicto de que deveria me contrariar. Parecia estranho, mais funcionava, e isso era o que importa. Aquele sorriso novamente brotou no canto da boca, e imediatamente consegui fluir o chakra Suiton ao redor de minha mão. A água começou a brotar, e circundar minha mão... de modo que uma pequena esfera começou a se formar. Pequena?Não é isso que eu quero! Minha vontade de realizar aquilo estava cada vez maior, assim como a esfera que foi aumentando, até atingir o tamanho necessário para que o Jutsu fosse completo.Mais não era o suficiente... faltava pratica-lo! -Sem dúvidas.E aqui está meu convidado de honra, Kage Bushin no Jutsu! Exclamei, chamando um Kage Bushin, enquanto desfazia o Jutsu.

Depois de um breve descanso eu aproveitada que ainda estava dia e peguei em minha mochila mais um pergaminho. Também tirei de minha mochila umas batatinhas e um suco de frutas. O pergaminho eu peguei e estendi no chão a minha frente. Abri o lanche e comecei a comer enquanto lia as informações contidas no pergaminhos da técnica. No titulo, Oto no Gen, guardei esse nome em minha cabeça, passei a ler a parte de como realiza-lo e como ele era afetivo, depois de tudo fechei o pergaminho e o guardei em minha pochete.

Levantei-me e bati a roupa suja de terra, já sabia oque tinha de ser feito para o treino, coloquei a mão em minha pochete e retirei duas kunais. As cravei no chão a minha frente, juntei as mãos em um selo especial e impus meu chakra, usando o Kage Bunshin no Jutsu e fazendo uma replica minha para me auxiliar nesse treinamento. Ordenei que ele se posicionasse um pouco a minha frente e ele atendeu ao comando. Peguei as kunais que a pouco havia cravado no chão e as empunhei. Inspirei profundamente e soltei, enquanto fazia o meu chakra fluir num ritmo mais intenso. 

Com meu fluxo de chakra num bom ritmo, eu comecei a direciona-lo até as kunais que segurava, fazendo-o correr pelo meus braços até elas. As kunais não eram de um bom material condutor de chakra, foi um pouco difícil, mas não impossível, depois de um tempo eu consegui manter meu chakra nelas. Depois de um tempo o fluxo já estava estável eu estava pronto para fazer oque tinha de ser feito, iria bater metal com metal, fazer um som irritante e direciona-lo contra meu alvo. Mas não só isso, intensificaria-o usando meu chakra que também estaria sendo dispersado pelo bater das kunais e com isso tentaria tornar o som perturbador, a ponto de deixar o oponente desnorteado e tirar seu equilíbrio. 

Me preparei e fiz o movimento para executar o jutsu. Bati as kunais uma na outra, logo ecoou um som que incomodava os ouvidos, e à esse som era acrescentado o meu chakra, que havia sido liberado no momento em que as kunais foram batidas O som chegou aos ouvidos do bunshin como uma batida soníca. Ficava visível que o Bunshin se sentiam incomodados, mas isso não era o suficiente para leva-lo ao chão e muito menos confundir seus sentidos, fazendo com que ele visse a minha imagem replicada ou desfocada.

Após vários horas de treino intenso, as ondas sonoras das batida das kunais misturado ao chakra que se liberava com o bater delas, chegavam aos ouvidos do Bunshins em uma proporção que incomodava bastante, tirava o equilíbrio e prejudicando notavelmente dois dos seus cinco sentidos: Visão e audição. Os bunshins viam mais de um eu, enquanto eram atormentados por dores fortes de cabeça devido ao som que chegava a seus tímpanos, causando lhes ilusões. Fiquei satisfeito com o resultado do treino. Desfiz o bunshin e recolhi meus pertences pois já chegava a noite e com o campo escuro eu não tinha oque fazer aqui.

O preparo de mais uma técnica! Depois de ter treinado os selos necessários, comecei a concentrar meu chakra, mandando-o até o chão. Concentrava para transformá-lo em água. Ia criando uma linha de água vinda do chão que ia crescendo cada vez mais. Então recebi comando de tentar modelar a água. Precisava me concentrar na forma que meu chakra tomava então. Aos poucos vou modelando aquele jato de água e fazendo com que ele se movimente. Já estava com a técnica quase pronta. 

Executei os selos necessários e exclamei o nome de tal técnica. Criei uma enorme cobra de água, mas perdi o controle sobre a mesma, deixando-a cair no chão e se desmanchar. Precisava concentrar mais meu chakra nela e treinar a precisão. Então Akio cria 8 Kage Bunshins e se distribui pelo campo no qual estávamos. Executei os selos e criei novamente aquela Cobra Suiton, procurava controlá-la mais agora. Mirei então no primeiro Kage Bunshin e a cobra desceu para tragá-lo na água. Num salto ele escapou do meu ataque. Precisava ser mais certeiro então.

Mirei novamente naquele clone, retornando a cobra pro ar. Então ataquei-o desfazendo-o ali. Continuei aquele treinamento, mirando nos 7 clones que ainda faltavam. Cada vez ficava mais fácil de controlar aquela técnica, usando os conhecimentos que eu já havia adquirido na técnica do dia anterior. Faltava apenas um clone, e eu estava cansado, então desfiz a técnica, respirei um pouco e retornei: - "Suiton- Ja no Kuchi!" - Criei a cobra novamente e numa simples e ligeira bocada, ela engoliu aquele último clone. 

Após todo esse tempo de treino, me despedi do tal conhecido como sensei, e pedi desculpa por ter sido tão inoportuna. Sai em direção ao meu objetivo, a academia médica.

▲▼

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shimizu

avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 1:32 am

The sheer of the waters
Jutsus treinados:
- Oto no Gen (B)
- Kyuujou no Bariatorappuiita (A)
- Suiton - Ja no Kuchi  (B)
- Ekitai Chakra (C)
- Chakurasutikkī (A)
- Nimpou: Gumiponpu (B)
- Keimon (D)

Pontos adquiridos:
2+3+2+1+3+2+1=14.2=28

Observações:
- Por ser espiã tenho o direito de treinar 3 técnicas rank A a mais, logo apenas  utilizei de duas.
- Mudei o Fuuinjutsu - Sunde Shouheki pelo Keimon por conta de uns problemas.

▲▼

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 10:57 am

KATONS TIME! /60 Linhas

If an angelic being fell from the sky and tried to live in this world of ours, I think even they would commit many wrongs.
E finalmente Hayato conseguiria -demonstrando certa dificuldade- chegar ao ultimo estágio do treinamento, sendo este um dos mais difíceis, contudo, que poderia se transformar em mais fácil... A hora de finalmente treinar seu segundo elemento básico! Como assim? Simples; Hayato, desde seu nascimento, não demonstrava ter nenhum tipo de Kekkei Genkai e/ou Hijutsu, mesmo porque não era participante de nenhum clã importante e, devido a isto, grande parte de sua vida fora visto como um shinobi que possivelmente não possuiria nenhum tipo de poder fora do comum, contudo isto mudará quando um pequeno teste escolar fora feito...

Com menos de sete anos, o garoto estaria ainda na academia shinobi realizou um evento no qual tinha o intuito de ao mesmo tempo demonstrar o elemento de um ninja novato, como também diverti-lo de maneiras realmente aleatórias, tais como brincadeiras. Devido a isto, Hayato, sem nenhuma preocupação, acabara participando da mesma e um efeito um tanto quanto diferente acontecia.

Todos sabiam os efeitos que cada folha poderia vir a fazer caso um elemento fosse usado contra a mesma, contudo, durante um destes casos, Hayato acabaria usando de maneira diferente dois tipos de elemento, sendo estes o Fuuton e Katon, fazendo todos se surpreenderem e, ao mesmo tempo, se perguntarem como um simples "sem kekkei genkai" poderia ter dois elementos básicos com aquela idade.

Devido as dúvidas de alguns anciões, Hayato acabaria sendo alvo de uma pequena pesquisa e, em menos de um mês, descobriram um parentesco do jovem com uma velha lenda conhecida por seus feitos, dentre eles, o fato de conseguir ser um dos shinobis mais próximos de serem os mais rápidos de todo o mundo, perdendo obviamente por alguns Hokages que usavam técnicas superiores a daquele homem.

Todos sabiam que aquele garoto podia tornar-se um grande arma e, graças a isto, Hayato acabaria tendo algumas "ajudas" para conseguir boas notas em matérias no qual não tinha a menor ideia do que realmente fazer e, finalmente, tornaria-se um shinobi no nível de Gennin! Hayato não era habilidoso com Ninjutsu e, muito menos, com Genjutsu, mas suas aptidões naturais tinham lhe ajudado até naquele momento e não seria agora que as deixaria na pior!

Enfim, voltando ao treinamento, Hayato já tinha alguma experiência em "transformação" de chakra, já que seu primeiro elemento natural escolhido para ser treinado seria seu "Fuuton", logo, grande parte do treinamento seria facilitado, já que devido sua experiência atual, tinha ideia do que fazer. Apesar disto, o garoto sabia que grande parte dos katons tinham de ser expelido e, isto, poderia ser um tanto quanto difícil, já que não tinha controle muito bom de seu próprio chakra.

Por normalmente escolher os jutsus que treina por beleza e/ou agressividade, o primeiro a ser escolhido seria aquele capaz de criar uma espada de fogo extremamente forte e, que não só cortava como também, queimava! Era extremamente perfeita para ocasiões no qual seus inimigos viessem a tentar ataca-lo com taijutsus ou ninjutsus corporais. - Mmmmm, como devo começar?! -Perguntou-se enquanto abriria o pergaminho daquele jutsu, lendo-o seguidamente. Diferente dos outros, suas explicações eram bem mais simplificadas e isto deixava as coisas um pouco mais fáceis e, ao mesmo tempo, difíceis, já que faltava detalhes de como realmente utiliza-lo e treina-lo de maneira eficiente e rápida. Apesar de que, devido ao fato de Hayato ser um tanto quanto confuso, acabaria não usando as informações mesmo querendo.

Por fim, concentrando-se e usando grande parte de seu chakra, o garoto buscava deixa-lo de tal maneira que pudesse ser transformada em questão de segundos, tal como expulsa, mas não pela boca... Seria por seu punho! Aquela espada tinha um cumprimento deverás bom, contudo, seu uso era basicamente corporal, graças a isto, era necessário ter um controle de chakra um tanto quanto interessante para que viesse a se tornar útil mesmo que fosse por alguns segundos que Hayato ficasse perto de seus inimigos.

Diferente do que fora pensado, aquele treinamento teria se tornado bem fácil e em menos de três tentativas uma espada de fogo já começaria ser formada e, pouco tempo depois disto, os resultados eram tão surpreendentes que até mesmo Hayato perceberia o quão poderoso era aquele elemento básico, sonhando até mesmo com o futuro! Que outros tipos de katon podiam existir?! Contudo, aquilo não era hora de sonhar acordado e sabia que ainda faltaria uma quantia certa de jutsus para se treinar, sendo ambos novamente Katons, só que dessa vez, ambos defensivos de maneiras diferentes.

Um expelia uma quantia de brasa, queimando o inimigo, tal como se camuflando nas mesmas... Sim, era interessante e útil! Hayato não sabia de certa forma como treina-lo, mas deveria expelir por grande parte -se não todo- de seu corpo. Pensamentos e ideias viriam e o treinamento teria inicio. Queria acaba-lo o mais rápido possível e, como já era esperado, não demoraria para tal coisa acontecer e, sem mais delongas, o jovem começaria agora seu novo treinamento, criar um escudo de fogo.

Não era lá tão útil no corpo-a-corpo, mas caso o inimigo tivesse vantagem em um campo distante, poderia ser usado para se manter na luta por mais alguns minutos, podendo até mesmo ser usado para decidir aquela batalha! Tal como o anterior, o treinamento não demoraria e, com isto, um grande escudo poderia ser criado de acordo com a quantia de chakra, tal como de situações derivadas.
thanks, ♛ and ▲
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 12:04 pm

Time Out!

If an angelic being fell from the sky and tried to live in this world of ours, I think even they would commit many wrongs.



Jutsus Treinados

NINJUTSU
- Katon no Tate (B)
- Katon - Haijingakure no Jutsu (B)
- Tenrou Kaken (C)
- Nadeshiko-Ryū Shinku Enbu (C)

GENJUTSU
- Oto no Gen (B)

TAIJUTSU
- Fuuma Shuriken • Kage Fusha (D)
- Hien (A)

PTS: 3+2+2+2+1+1+1= 12 x 2 = 24

Obs: Hien é taijutsu, mas usa chakra, logo não sei onde colocar.

thanks, ♛ and ▲
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 12:47 pm

Time Out!

If an angelic being fell from the sky and tried to live in this world of ours, I think even they would commit many wrongs.
Finalmente o treinamento de Hayato tinha seu fim e, graças a isto, sabia que deveria fazer mais coisas além de ficar olhando para o rosto dos outros participantes de seu time. Devido a isto e algumas ideias aleatórias e loucas, o garoto simplesmente sairia dali, indo em direção ao centro da vila.
thanks, ♛ and ▲
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sensei Shimaru

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 6:20 pm

Time 01 de Konogakure

- Shimaru entregou pergaminhos ao novo integrante do time, já que o antigo chamado Sharrkan teve alguns probleminhas e precisou ser afastado do time..

Jutsus Takeshi:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Qui Fev 12, 2015 7:48 pm




++ 400 - Linhas

O Frio invadira as frestas da janela e encontra o corpo inerte de Takeshi que jazia descoberto em cima de sua cama de solteiro. O ar gélido encontrou o copo de Takeshi, porém este não o recebeu como intruso, o garoto estava acostumado com aquele frio que sua vila as vezes proporcionava. Este virou o corpo e ficou de barriga para cima abrindo suas mãos deixando o clima pairar sobre todo seu corpo. Um sorriso se formou no rosto do jovem de cabelos negros. Este via a escuridão plena, mas à medida que tomava a consciência a luz do dia ia aparecendo a medida que abria seus olhos. – Um novo dia começa... – Sussurrou. Uma voz comum como de qualquer outra, apenas com um toque de rouquidão, que chega a causar arrepios e desejos mais obscuros.

- Então é isso! – Disse ele em um pulo levantando-se da cama e espreguiçando-se, seus olhos encontraram a porta que estava meia-aberta, ao lado desta jazia um cômodo de madeira que carregava uma tigela de cereais. – Mãe, você ainda vai acabar mimando-me... – Disse ele debochadamente indo em direção a sua primeira refeição do dia. Takeshi era um garoto especial de certa forma, diferente de muitos, ele sempre trata os superiores com educação e sempre tenta respeita-los, pois sabe que estes já viveram demais e tem muitas experiências a serem passadas a adiante. Com o afeto de sua mãe, se tornou bondoso e carinhoso com aquelas pessoas próximas, um ótimo amigo.  – Quando será que encontrarei um time? – A pergunta parou no ar sem nenhuma resposta. Takeshi desconhecia aquela resposta.

A tigela de cereal fora deixada de lado quando seu conteúdo acabou. – Todo dia me surpreendendo, Lucy! – Ele era um tipo de garoto que adorava elogiar sua mãe, mesmo que esta não estivesse perto. – Ah de novo não! – Seu grito fora dado ao ver seu corpo nu. Este era um habito de Takeshi não muito convencional. Sempre tirava sua camisa, as vezes até involuntariamente. – Como foi que criei esse habito? – Perguntou-se.

– Com seu pai meu filho. – Sua mãe estava escorada na porta com aquele sorriso que só ela tinha, um sorriso que conseguia transmitir tantas sensações boas. – Filho, você foi selecionada para um novo time, logo cedo alguém lhe enviou uma carta e eu a confisqie, tudo que precisa saber é que o campo fica no redor da vila dentro da floresta, afinal você acabou de sair da escola, está na hora de “voar”. – Sua voz era doce e confortante, mesmo que o assunto fosse sério, a sua voz o tornava simples e fácil de se entender.  

- Entendi mãe, oque seria de mim sem você? – Ele perguntou com uma dor no coração, ele fazia certas perguntas que levava a uma resposta que não gostava, só de pensar que algum dia perderia sua mãe, o deixava triste e desmotivado. Tentando esquecer tais pensamentos se jogou nos braços de sua mãe abraçando-a. – Te conto tudo depois. – Susssurrou dando-lhe um beijo no rosto e saindo de casa indo em direção a academia.

O tempo que fora necessário para o garoto de cabelos escuros chegar ao seu destino não se passara de dez minutos. Os passos deste por toda a vila fora apressado, afinal ele já era o ultimo integrante do time, não queria dar mais motivos ao sensei e á seus futuros companheiros para que o julgasse preguiçoso. E preguiçoso ele não era. A vila já ficava para trás quando Takeshi corria para o meio da floresta indo em direção ao campo, a floresta que o rodeava o chamava a atenção. A medida que adentrava nesta as marcas de batalhas começam a aparecer, seus olhos procuraram todo ou qualquer sinal de movimento, não queria ser surpreendido em um local daquele. Seu corpo tremia e sua feição demonstrava a preocupação eminente. Oque tinha acontecido ali? E a pergunta que não se calava, porque o time deveria se encontrar ali?

- Ah que seja... - Murmurou franzindo o ceno e aprofundando na floresta. Atento.

O suor corria pelo lado direito da face do garoto, os dez minutos que custara para chegar até a floresta, nãos e compararam aos vinte minutos que se seguiram para chegar ao ponto exato da floresta. Aos poucos a floresta era tomada por algumas estruturas, prédios e casas demolidas por toda a parte, Takeshi não ficaria intrigado se o nome que esta tinha fosse "Floresta da Ruína". Esse nome até que cairia muito bem a paisagem. Um rajada de vento fora contra o corpo do gennin, os cabelos deste voaram e dançaram com o vento, seu braço já estendido a frente do rosto o protegia de possíveis destroços. Takeshi se escondeu atrás de uma arvore, continuar seu caminho só provocaria mais a mãe natureza. Esperaria até o momento certo.

O vento cessou e este voltou a andar em direção ao campo, ao longe as ás arvores cessaram dando espaço para um campo aberto, neste campo aberto 3 pessoas o esperavam, duas crianças e um senhor. Ao longe Takeshi conseguiu ver um vulto adentrar mais na floresta, a unica coisa que conseguiu enxergar fora um garoto de cabelos escuros deixar o local sem olhar para traz. Oque teria acontecido minutos antes? Não ficou ali pensando, pois não era hora. Um novo time o aguardava.

Olhou para o lado ao perceber que uma nova figura aparecera no campo, só fora citar no sensei que este reaparecera no campo trazendo algumas novidades. Ele não perguntou seu nome e nem nada disso, fora direto ao ponto. Queria que Takeshi treinasse os jutsus que jazia nos pergaminhos que estava em sua mão. Assentiu com a cabeça pegando os pergaminhos da sua mão distanciando-me. Após distanciar-se colocou os pergaminhos no chão e peguou o primeiro. A ansiedade o consumia, oque treinaria? Oque o sensei havia preparado? Sem mais delongas abriu o pergaminho. " O usuário libera uma saraivada de shuriken com uma mão, e, ao mesmo tempo, exala fogo infundido com chakra nelas, a fim de aumentar o potencial de destruição das armas, tornando-as capazes de causar queimaduras graves em contato direto com a vítima, ou qualquer outro objeto preso dentro de sua trajetória.Devido à natureza de chakra baseado em chamas que as rodeiam, as shuriken vão continuar queimando após o impacto, independentemente da inflamabilidade do objeto que elas em última análise colidirem." Ficou parado por um tempo, era um jutsu rank B, uma classificação media para os ninjas, um garoto de 10 anos capaz de realizar um jutsu de tamanha dificuldade? Não descobriria até tentar. O Chakra katon que possuía sempre fora fiel a ele, sempre que o utilizei para diversas tarefas conseguiu controla-lo, talvez isso o desse alguma chace a mais... Joguou o pergaminho para o lado e começou o treinamento. Passou algum tempo até que conseguiu controlar o chakra Katon da forma que o Jutsu necessitava, o difícil foi difícil dividir o chakra em várias bolas de fogos para acompanhar as shurikens, mas com o treino essa divisão fora melhorada até que o jutsu saísse com perfeição. - Mais! - Gritou.

Abria um velho pergaminho, e o colocava no chão, vendo sua descrição. E então começara o treino. Respirava fundo, pegava uma Shuriken, concentrava-se e a lançava, ao mesmo tempo exclamava: - Gen'ei Tajuu Shuriken! - porém, nada acontecia. O treino seria árduo. O garoto pegaria a Shuriken do chão e voltaria ao seu local inicial. - Cara... Isso vai ser difícil, mas vamos nessa! - tentava novamente, e novamente. Até que seus braços doíam, de resultado do treinamento. Isso não era o suficiente para parar o Shinobi; ele queria mais, ele queria se tornar mais forte, aprender mais jutsus, para assim elevar sua força, cada tentativa o tornava mais forte. Cada segundo de treino, iria valer a pena. - Gen'ei Tajuu Shuriken!! - dizia o garoto. E então, lançava a Shuriken, ela incrivelmente se multiplicava e tornava 3, mas no meio do caminho, as outras duas desapareciam. O jutsu estava sendo executado certo, porém Kazuto queria mais precisão, mais poder na técnica. Fazia novamente, e de novo. Pouco tempo depois daquilo, ele executava a técnica, e então, cerca de 15 Shuriken surgiam, o menino sorria e saltava, porém não estava pronto. Estava chegando lá, mas ainda precisa treinar mais. - Vamos lá Chakra! - gritava para si mesmo. - Quase lá... Não posso desistir agora, preciso ir mais além. Tô quase pegando o jeito desse jutsu, até que não é tão difícil como antes. Bom, primeiro vou comer um pouco, pra recuperar as energias. - o menino ia até sua mochila, e retirava uns pães, e então comia.  Após estar satisfeito, retornaria o treinamento, pegaria uma Shuriken, concentrava-se e lançava a arma, no meio do caminho, ela se tornava 20, e então 24, e por fim 26 e então se cravavam em uma árvore que havia ali. - Isso!-

Algo inusitado de repente acontecera, o mundo a sua volta desabou. A luz que iluminava seu caminho se extinguiu e tudo que ele conseguiu ver fora escuridão. Ele não estava inconsciente pois sentia o seu corpo como também conseguia movimenta-lo. Oque estava acontecendo? O chão cedeu, Takeshi sentiu seu corpo despencar, e cair, cair e cair... Não tinha fim, a medida que ia caindo sua velocidade aumentava, o impacto que estava por vir o mataria instantaneamente a não ser que... Um genjutsu? Talvez! O conceito de genjutsu fora passado na academia, alguns exemplos foram dados, mas nada comparado aquilo. O genjutsu que estava sobre o gennin era além de sua imaginação, com seu nivél atual, não conseguiria nem despertar sua visão, sua morte estava próxima e não tinha nada que ele poderia fazer...Como ninguém ao seu redor poderia ter notado oque estava acontecendo? Cadê seu sensei, seus companheiros? Oque estava acontecendo?! Vazio.

Depois de ter apagado uma voz lhe penetrou o ouvido. Uma voz feminina bem rouca e cansada. Os olhos deste abriram e olhou a mulher produtora daquela voz, a sua frente uma mulher que aparentava ter 60 anos, jazia sentada em um tapete de papeis. Sim papéis. Notou que ainda estava na floresta, porém não era o anterior, estava em outro ponto na floresta. mas oque estava fazendo ali? Fora invocado? Fora raptado? oque?!

- Calma meu jovem, eu quem te fez vir aqui, mas não se preocupe não é para machuca-lo e sim ajuda-lo, sei que começou sua vida ninja hoje, e hoje minha vida ninja acaba. Interessante não? Bem eu não podia ir sem deixar meus ensinamentos sem ninguém, e ao notar que você adentrara nas redondezas o escolhi. O Escolhi para ser um usuário de origami! Sente-se irei te contar algo sobre essa habilidade... - Gesticulou a mão para frente pedindo para Takeshi se sentar. Este por sua vez permaneceu calado e sentou-se, a senhora conseguia prender a atenção total do garoto. - Usando seu origami e suas habilidades em ninjutsu, Konan pode transformar seu corpo e roupas em muitas folhas de papel. Ela pode controlar e remodelar partes de seu corpo à vontade, fazendo formas, tais como armas de ataque, borboletas de espionagem, aviões de papel para o transporte rápido, ou simplesmente para cobrir seu inimigo com papel, prendê-lo e asfixia-lo. Ela também é capaz de voar em sua forma de papel.
Estes papéis são aparentemente descartáveis, incluindo partes de seu corpo convertidas em papel, a quantidade de papel que ela pode gastar depende de sua reserva de chakra. Ela também pode esconder selos explosivos entre seus papéis para adicionar uma surpresa mortal em seus ataques. Desta forma, no entanto, ela é fraca para técnicas a base de óleo, o que faz o papel amolecer. Porém, não é fraco contra água na mesma medida, como visto quando Pain tirou o óleo dela com o Suiton: Hōmatsu Rappa, e também quando ela usa papéis na sua aldeia, Amegakure onde sempre chove, e mais tarde em sua batalha contra Tobi onde ela divide um lago com seus papéis. É mostrado mais tarde no anime, Konan usando a água para sua vantagem, encharcando o seu corpo de papel na água, para que as chamas e o calor não queimassem ela. -
Informou ela.

Ela notara que a expressão de vazio se instalara no jovem a sua frente. Ele de fato ficara impressionado no que fora falado, porém como ele conseguiria despertar uma habilidade de tamanha proporção? A senhora lhe respondeu isso também. - Não se preocupe, se eu não soubesse que você tem essa habilidade, não teria lhe chamado, de todos os três que estavam no treino, você fora o único que conseguiria domina-la. Você tem um bom controle de chakra e sabe bem como molda-lo só precisa fazer como dito acima, não se preocupe estarei aqui para auxilia-lo. - Sorriu para Takeshi movendo lentamente a mão para traz fazendo com que o tapete voasse para longe levando-a.

Uma onda de chakra invadiu o corpo de Takeshi. No segundo seguinte ele sentiu seu corpo mais leve, assim como seu chakra. O treinamento dera inicio. Ele ergueu a mão para frente e deixou com que seu chakra circulasse seu braço indo até sua mão. A visão de um papel apareceu em sua mente e desta visão algo material fora criado. Sentiu alguma coisa desgrudar de sua mão, ele fitou e viu que era seu chakra que esvaia em forma de um quadrado, puro. O quadrado era feito de puro chakra e ao perder tamanha quantidade seus joelhos cederam e este se ajoelhou levando a mão até o chão. Ou pelo menos era isso que deveria ter acontecido. Ao colocar as mãos sobre o chão essa se dividiu. Sim. Sua mão se transformara em papeis que em contato com o chão se espalho. Com seu joelhou aconteceu mesma coisa, sua perna, até que todo seu corpo se espalhou pelo local em forma de vários papeis.

Ele ainda tinha consciência e ainda sentia cada parte de seu corpo, ou melhor cada papel. Centenas de papeis sobrevoavam o local agora. E o mesmo tinha controle sobre cada um. Este os controlava a partir de seu chakra, movendo as mãos, os papeis. Este começou a voar em forma de papel em rapida velocidade pela floresta reagrupando-se em outro ponto voltando a minha forma original. - Kami Shunshin no Jutsu - Gritou a velha em cima de Takeshi. - Iria te msotrar como realizar esse jutsu mas pelo visto já aprendeu, você acabou de domina-lo, assim como dominar sua forma de papel mais conhecida como Shikigami no Mai. - O sorriso no rosto da mulher estava presente.

- Não pense que o treinamento já acabou! Está apenas começando! - Gritou a velha, porém não fora aquela que acima dele estava. Uma outra jazia sobre o chão sem a parte de baixo do corpo, era como se ela fosse cortada, apenas parte de cima do corpo dela jazia flutuando. - Não se preocupe, você conseguirá fazer esse feito, isso é que você já não sabe, enfim esse jutsu é o Kami Bunshin muito semelhante ao Kage Bunshin, porém este é feito de papel assim como seu corpo. Tente fazer. - Disse a senhora em cima de mim desta vez. As duas senhoras desapareceram e reapareceram em outro local em um redemoinho de papel. Takeshi surpreso voltou a treinar, ele iria ficar mais forte que ela, isso ele tinha certeza! Ergueu as mãos para cima e deixou com que seu corpo se espalhasse. Centenas de papeis foram em 4 direções opostas, os papeis aos poucos iam se juntando, um rosto começava a se formar em 4 posições diferentes, um mesmo rosto.  - Isso! - Gritou os quatro Takeshi ao perceber que estava em quatro posições diferentes todo reconstruídos. O barulho do vento fora cortado quando várias armas foram arremessadas contra o Takeshi verdadeiro. Os quatro clones se espalharam e foram para a frente de Takeshi, este por sua vez com a mão erguida para frente criando a sua frente uma parede de papel resistente que fora capaz de parar o ataque. - Shiirudo no Kami, estou impressionado Takeshi! Não esperava que cosneguiria dominar os jutsu com tamanha facilidade, mas não queria que tivesse bloqueado essa arma! - Dito isso centenas outras foram arremessadas e Takeshi não reagiu a tempo e assim sentiu todas as armas lhe atravessar. Porém ele continuou vivo. Isso mesmo, as armas atravessaram o seu corpo de papel sem causar-lhe dano qualquer. - E este é o beneficio de ter um corpo de papel meu aluno. - Disse a senhora sorrindo.

- Takeshi, agora controle seus papeis para formar diversar armas diferente, quero que você use sua criatividade para isso, lembre seus papeis são a personificação de seu pensamento! - Informou ela com um brilho nos olhos de admiração. Takeshi se elevou ao ar, deixou com que s parte de baixo de seu corpo se espalhasse pelo campo e seu corpo voasse para o alto. La em cima este fez com que os papéis que estavam pelo ar fossem em sua direção e ficassem parados a sua frente. Imaginou lanças e Shurikens. Pensou e aconteceu. Liberando seu chakra sobre os papéis esses começaram a tomar uma forma de uma lança de papel, apesar de ser feita puramente de papel esta tinha uma resistência iguala  de uma arma comum, o mesmo podia falar das shurikens. As shurikens foram arremessadas para baixo e colidiram com uma enorme defesa de papel. As lanças foram arremessadas a seguir e a parede se desfez deixando A senhora desprotegida. - Não! - O grito lhe escapou pela garganta. Viu a senhora se desfazer em papeis e correr das lanças, estas por sua vez começaram a segui-la, então era esse o verdadeiro objetivo da mesma? Mostrar que tais lanças estavam a ordem de Takeshi? Logo estas se desfez quando senhora ergueu a mão para frente desintegrando-as. - Kami Yari e Kami Shuriken! - Informou ela para Takeshi. Tudo que ele imaginava ela já sabia, oque mais ele poderia fazer para impressiona-la? Deveria criar algo proprio seu e como já dito antes. " lembre seus papeis são a personificação de seu pensamento!".

Ele voou na direção da velha em forma de papéis e atravessou-a ficando a suas costas, desferindo um chute em sua cabeça que fora defendido por uma placa de papel. De reepnte um outro Takeshi se ergueu dos papeis que estavam pelo campo lançando uma lança contra a mesma. O sorriso no rosto desta se brotou e junto com ele um movimentar de mãos desfazendo a primeira lança, sim pois havia muitas outras lanças a seguir. Visto que a distração fora criada Takeshi levantou voo e controlou todos os papéis no campo. Ele deveria impressiona-la, e para isso ele deveria criar algo só seu, e ele já tinha algo em mente. Os papeis logo circularam Takeshi e o chakra deste fora liberado, porém algo inusitado acontecera. O chakra que Takeshi liberara não fora como os outros, era seu chakra elemental, os papeis logo foram envolvidos por chamas tornando-os um só. O fogo nos papeis não os queimara, o chakra utilizado em ambos os uniram em vez de destruí-los, com os papeis de fogo prontos, uma saraivada fora enviada contra a velha. Esta arregalou os olhos e criou uma onda de papéis que fora contra os papéis de Takeshi. Diferente dos papeis do criador do fogo, os outros começaram a pegar fogo criando um efeito domino queimando tudo ao seu redor e a todos. - Takeshi... - A velha sussurrou impressionada vendo o estrago ao seu redor. Uma outra onda invadiu o local, mas desta vez não fora de papéis e sim de água. A velha possuía chakra suiton. - Não esperava isso, na verdade nunca vi algo assim antes, katon Shikigami no Mai seria um ótimo nome! - Dizia a velha reaparecendo acima dele envolvendo-o em uma cachoeira de papéis pressionando contra o chão. Ou pelo menos tentara, ao chocar-se contra o chão o corpo de Takeshi se espalhou indo em todas as direções, aonde reapareceria? Era um mistério. Uma descrição para o jutsu criado fora feita em sua cabeça. "O usuário libera uma saraivada de papéis resistentes e cortantes do seu corpo, e, ao mesmo tempo, exala fogo infundido com chakra nelas, a fim de aumentar o potencial de destruição dos papéis, tornando-as capazes de causar queimaduras graves em contato direto com a vítima, ou qualquer outro objeto preso dentro de sua trajetória. Devido à natureza de chakra baseado em chamas que as rodeiam, os papéis vão continuar queimando após o impacto. Os papéis utilizados no jutsus não queimaram por possuir chakra embutidos neles fazendo com que a união dos dois elementos, papel e fogo se unem." Este era o seu primeiro e único jutsu próprio. Não iria esquece-lo nunca.

Sentia o chakra de seu corpo esvair, não aguentaria muito mais aquele treino que acabou se tornando uma luta, a velha por outro lado parecia inteira, os papeis em seu corpo ainda estava esbeltos, os de Takeshi por outro lados estavam bagunçados e seu rosto demostrara cansaço. Ele não conseguiria produzir muitos papéis como antes, deveria produzir mais de alguma forma, mas qual? Ele olhou para o chão e viu os papéis que se multiplicavam cada vez mais. É isso! Ele reconstruiu seu corpo no chão e sorriu para a velha. Os papeis no chão foram envolvidos pelo chakra do gennin e logo começaram a se multiplicar, uma vez, duas vezes, três vezes. As centenas de papeis se transformaram em milhares, milhares ao dispor de Takeshi. - Takeshi! Isso é brilhante, multiplicando seus papéis, você não precisará usar de seu chakra para criar outros, além de criar ataques com mais escalas! É brilhante! É um Gen'ei Shikigami's - Brincou a velha impressionada. Outro pergaminho fora criado em sua mente para não esquecer daquilo que acabara de criar. "Utilizando os conceitos do jutsu Gen'ei Tajuu Shuriken, Takeshi libera o chakra em cima de seu papéis fazendo-os se multiplicarem, criando um ataque mais ofensivo e uma defesa mais efetiva. A quantidade de chakra usada é que define qual será a proporção da multiplicação, sendo que poderá multiplicar no máximo até 3 vezes." Estava na hora de acabar com tudo!

Este levantou ambas as mãos e fez com que todos os papéis em campo voassem. A senhora arregalou os olhos ao perceber oque estava por vir. Lançando as mãos para o lado fez com que todos eles começassem a rodar em volta da senhora, a velocidade destes papéis foram aumentando a medida que mais papeis entravam em formação, de repente um enorme furacão de papeis se formou em volta desta. - Kami no Tenshi o Bassuru - Gritou ela de dentro do furacão realizando um único movimento com a mão parando todos os papeis. O grito desta fora fraco, a voz parecia ter sumido, mas seus olhos demostrara oque realmente acontecera, estava admirada e com medo demais para falar alguma coisa. O jutsu feito segundos atrás não podia ter sido executado pelo garoto, era impossível. Takeshi percebera que seu ultimo golpe causara uma grande impressão e estava disposto a causar mais. Os papeis de seu corpo foram se descolando e se transformando em facas a sua frente, abriu os braço e então enviou tais contra a senhora. As "facas" não pararam de sair do corpo do garoto, uma chuva destas se formou e mais estavam por vir. A senhora já desgastadas ergueu uma parede de papel a sua frente em forma de flor e parou todo ataque contra ela. Takeshi por sua vez olhou a forma da defesa desta. "lembre seus papeis são a personificação de seu pensamento!" Ele se lembrou. AS facas cessaram mais os papeis não, de repente esses transformaram-se em flores, papéis que desta vez eram Kibaku Fudas. Ele conseguiu criar apenas 10 flores que foram contra a rosa, antes que se colidissem o chakra de Takeshi envolveram as rosas triplicando-as, criando 30 rosas feitas de kibaku fudas, o jutsu criado antes fora melhor do que imaginara, com o jutsu Gen'ei Shikigami's ele conseguiria realizar diversos feitos. A colisão de ambos os ataques criara uma explosão enviando tudo para todo o lado, os papeis ao redor pegaram fogo e Takeshi jazia contra a arvore com seu corpo ao normal. Seu chakra esgotara.

- Kami Tenshi no Shukufuku e Shikigami no Mai - Takeshi ouviu da senhora que jazia atrás dele com uma espada feita de papel em seu pescoço. - Estou impressionado Takeshi, realmente impressionado! Se eu não tivesse ativado o meu Kami Kawarime no Jutsu, não teria conseguido escapar... Obrigada por me proporcionar uma ultima luta, eu adorei! - Sua voz estava cansada e a gratidão ainda pode ser sentida. - Não tenho mais nada para lhe ensinar, seu treinamento está concluído. - Finalizou ela tocando-lhe a testa e apagando-lhe.

Takeshi acordou no campo junto com seus companheiros, pelo visto eles não teriam notado nada que acontecera horas atrás, um papel ao lado de Takeshi lhe entregara, que tudo oque aconteceu fora realidade. E não um sonho. Com um sorriso no rosto, este deixou o sono lhe abraçar novamente.  
thanks skylar!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Sex Fev 13, 2015 12:19 am



NINJUTSU
- katon Shikigami no Mai (A)
- Gen'ei Shikigami's (B)
- Shikigami no Mai (A)
- Shiirudo no Kami (B - A ) - Treinada como B
- Kami Shunshin no Jutsu (D)
- Kami Shuriken (D)
- Kami Yari (B)
- Kami Bunshin (B)
- Kami Tenshi no Shukufuku (B - A ) - Treinada como B
- Shikigami no Mai (A)
- Kami no Tenshi o Bassuru (A - S ) - Treinada como A
- Kami Kawarime no Jutsu (D)
- Katon - Housenka Tsumabeni (B)
- Gen'ei Tajuu Shuriken (B)
PONTOS
3+2+3+2+1+1+2+2+2+3+3+1+2+2 = 29x2 = 58 Pontos
Obs: Como podem ter percebido treinei 4 Rank A, um dos ranks A é KG logo não é contado como 3 dos ranks A's disponibilizados para gennin. Informo também que a quantidade de rank A treinada está dentro das regras, já que estou treinando por semana passada também oque me permite treinar 6 rank A em uma semana, 3 da passada e 3 dessa. Porém só treinei 4 por que não posso mais que isso ;-;

thanks skylar!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kariya Jin

avatar

Mensagens : 211
Data de inscrição : 05/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Sex Fev 13, 2015 5:49 pm

@ Att Shimizu, Hayato e Takeshi '


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 10:48 am

  Life is Just a Game!


Pouco após chegar ao seu campo de treinamento, Hayato buscaria seu Sensei para que pudesse dar continuidade a seu treinamento.

RANK C

▲BY LOONY!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sensei Shimaru

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 10:52 am

Time 01 de Konogakure

- Shimaru entregou pergaminhos para os integrantes do time e em seguida desaparecendo..

Jutsus Hayato:
 
Jutsus Shimizu:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 11:58 am

  Life is Just a Game!


Pouco após chegar ao campo, como já era previsto pelo garoto, seu Sensei estaria lá e ao pedir para ter o treinamento continuado, o garoto recebera uma pequena quantia de pergaminhos, sendo que desta vez, o homem parecia demonstrar saber sobre sua ultima "façanha" de ter conseguido, possivelmente, o estilo Kenjutsu e, graças a isto, deixaria grande parte daqueles pergaminhos com aquele tipo de jutsu. A maioria deles era parecido, se não igual, aos usados por aquele samurai que o garoto acabaria por lutar, mas alguns ainda sim chamavam a atenção pela quantia de utilidades que ele disponibilizava.

- Oh... -Sussurrou, lendo o resumo de cada um dos jutsus. Apesar disto, o garoto sabia que para ter um bom inicio, era melhor treinar o estilo bruto e da força mais pura possível, buscando não usar chakra e/ou outros estilos durante aquele período.

Com sua mão direita, o garoto agora buscaria o cabo de sua Katana para que por fim, em um único movimento, pudesse traze-la para frente do corpo, visando copiar os movimentos daquele homem. Segurando com ambas as mãos, o garoto buscava golpes perfeitos e, se possível, aumentar sua maestria não só com os movimentos de suas mãos, como também de todo o seu corpo, já que para realizar muito dos movimentos do estilo, era necessário um controle corporal extremamente acima da média. Algo não estava certo, o Kenjutsu, basicamente, não saia da maneira que o garoto esperava e, demonstrava, grande falta de habilidades e, apesar de realmente não ter ideia do seguimento daquele treino, o garoto decidira buscar no pergaminho algo que viria, talvez, ser útil no futuro.

Grande parte do pergaminho parecia não ter sentido, sendo que o mesmo basicamente demonstrava uma grande facilidade no treinamento de tal estilo, mas se aquilo realmente estivesse certo, porque o Kenjutsu estava tão "perdido", sendo tratado até mesmo como um estilo prestes a desaparecer? Algo realmente era importante, mas talvez, durante o próprio treinamento, o usuário devesse aprender e, devido a isto que muitas pessoas acabariam por desistir no meio, ou até mesmo no inicio do treinamento... Sim, aquilo realmente podia ter algum fundamento!

- Entendo! Mas não vou desistir! -Sussurava, novamente posicionando-se de maneira que pudesse ganhar grande velocidade, tal como destreza durante alguns ataques. Seu joelho, levemente flexionado, enquanto ambas as mãos apertavam o cabo, sendo que a principal -direita- iria abaixo da esquerda, servindo este como basicamente o apoio principal para a tentativa de realizar cortes e/ou perfurações.

Hayato não sabia oque treinar, mas decidira, basicamente, realizar movimentos repetitivos, buscando maior domínio naquela arte, só que, ao invés de simplesmente cortar o ar, decidirá usar toda uma arvore como seu alvo, tendo assim ideia de possivelmente a força de seu corte atual e, se possível, quando grande parte de seus kenjutsus fossem treinados. Enfim, andando lentamente, buscava a maior -e possivelmente velha e resistente- arvore para que pudesse dar um único corte horizontal contra ela.

Aquele corte, como esperado, não faria muito mais do que um largo arranhão na enorme arvore, que por sua vez, mal saia do lugar e/ou tinha algum efeito devastador, sim... Simplesmente apareceria um arranhão, tal como se algum animal selvagem tivesse tentado a arranhar para buscar subir na mesma, demonstrando não só inexperiência, como também estar abaixo de qual quer tipo de aspirante a espadachim e samurai... Aquilo era irritante, ainda mais para um garoto que buscava ficar forte.

Com ataques seguidos, o garoto buscava aperfeiçoar seu poder, mas a única coisa que conseguia é criar arranhões superficiais à arvore, tal como deixar seu braço extremamente dolorido e, em seguida, faze-lo ricochetear a katana para trás de si, que por um segundo, quase lhe cortou. Enquanto jogava-se no chão daquele lugar, ofegante, Hayato, agora sentaria no chão enquanto continuaria a olhar para a arvore, com um rosto sério.

- Você está vencendo... Mas teremos uma reviravolta! -Sussurrava, em seguida, deitando no chão e fechando os olhos.

" Depois de descansar, talvez. " -Pensaria, enquanto ali resolvia descansar e, até mesmo, cochilar pelos próximos trinta minutos.

Quando finalmente começava a acordar, algumas flores da enorme arvore começaria a cair acima de seu rosto, sendo que aquilo apesar de ótimo, podia fazer Hayato perder mais algum tempo. Ainda recusando-se levantar, o garoto começaria a lembrar cada parte de sua batalha. Oque faltava? Já não usava mais chakra e/ou outro tipo de estilo de luta, como o samurai teria comentado e, acima de tudo, estava dando o melhor de si, mas ainda si, era visível um grande pedaço que faltava para realizar completamente aquele treinamento.

Enquanto mais folhas caiam e, agora, o garoto pegaria cada uma delas para despedaçar, ele tentava talvez buscar algum detalhe deixado e, por fim, levantando-se repentinamente, decidiu simplesmente voltar a treinar. Dando as costas para a arvore durante alguns segundos, agachava-se afrente de sua espada, pegando-a pela lâmina enquanto voltaria a arvore.

- Será?! -Dizia, dando um sorriso. Hayato tinha lembrado de algo que para o homem fora um tanto quanto irritante e, possivelmente, poderia ser uma chave para a realização daquele estilo, já que em grande parte dos jutsus, algum fator se implicava em basicamente algo estranho e/ou fora do normal, talvez normas de honra pudessem ser o que faltava!

Tal como o esperado, realmente era necessário uma grande "honra" para realizar aquelas técnicas, mas como adquirir? Hayato nunca fora um garoto ligado a tais coisas, muito menos a moral básica de não matar uma pessoa só por não gostar dela, sim, ele era um tanto quanto "diferente" de outras pessoas e, isto, poderia ser o ponto crucial daquele treinamento!

Grande parte do que era necessário, basicamente tinha como principio não atacar inimigos por trás e, como sempre achou isto um tanto quanto sem graça, seria bem mais fácil seguir tal coisa. Hayato, possivelmente, estaria pronto para realizar aquele treinamento por completo!

- Vamos tentar mais uma vez, certo? -Vociferou para sua espada.

Novamente indo em direção a arvore, o garoto tentaria acerta-la com um corte usando toda sua maestria e em espada, e desta vez, buscando o jeito correto para aquilo, tal como um samurai treinado e, como esperado, o corte seria superior aos outros. O treinamento de Kenjutsu prosseguia até que... A arvore parecia ser cortada. Basicamente, os golpes do garoto estavam fortes o suficiente para cortar um largo tronco e, se isso pudesse ser usado em uma batalha, seria um ótimo jeito de brincar com inimigos.

- Sugoi! -Sussurrou, em seguida balançando sua mão que segurava a Katana.

[...]

Aproveitando o termino do treinamento daquele estilo, o jovem decidira comer algo antes de vir a continuar o treinamento do restante dos kenjutsus, já que grande parte deles tinha como base principal os simples movimentos corporais do próprio usuário. O escolhido? O mais próximo, ou seja, um pequeno pote de rámen feito por uma das filiais da Ichiraku e, comendo rapidamente, o garoto deixava sua espada ao lado de seu corpo, que se encontrava sentado um pouco ao lado da arvore extremamente cortada.

Pouco após comer, o jovem começaria o treinamento de Issen, sendo este já treinado um pouco antes, tal como visto, já que durante o treinamento de Kenjutsu, buscava criar um efeito igual e, de certa forma, finalizar o mesmo não seria muito difícil, além de que já tinha ideia do que fazer para o vento seguir em direção para onde brandia a espada. Enfim, com um corte, o garoto basicamente tentaria fazer um flash e, sem mais delongas, não fora necessário muitas tentativas para que aquilo fosse realizado com grande facilidade e, o próximo treinamento tivesse inicio.

Iaido, devido ser um simples movimento, buscando deixar o inimigo incapacitado de usar selos, não fora diferente e, em um único movimento, já podia se ver grande maestria nos golpes do garoto, que simplesmente, continuaria a treinar incansável. Ansatsu necessitava de uma grande movimentação braçal, sendo considerado, possivelmente, o mais difícil até agora pelo garoto, já que movimento após movimento, podia se ver uma queda de velocidade, mas em seu ápice, conseguiu manter tanto o corte quanto  a velocidade do mesmo e, basicamente terminar o treinamento daquele jutsu!

Mikazukigiri, diferente dos outros, funcionava de maneira diferente, buscando uma alta velocidade, podendo servir tanto defensivo como agressivamente e, possivelmente, sendo a técnica mais funcional durante a batalha dentre todas as treinadas até o momento. Por fim, faltando agora somente os outros jutsus que não se encaixavam como Kenjutsu, Hayato decidiu separa-los em tempos de treinamento diferentes, buscando uma maior qualidade de treinamento, tal como velocidade na realização deles.

Treinamento - 90 Linhas Kenjutsus

▲BY LOONY!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 2:08 pm

  Life is Just a Game!


Algum tempo depois de terminar seu treinamento de kenjutsu, o garoto, sem tempo a perder, decidira voltar para finalizar os últimos restantes, sendo um deles Katon -este possuindo grande peculiaridades e igualdades com alguns jutsus antes treinados- e um Genjutsu um tanto quanto "fraco", além de ter efeitos relativamente básicos. Não tinha oque se esperar deste, para falar a verdade. Tendo em mente o fato de que o jutsu elemental seria o mais fácil, resolveu dar inicio à aquele segundo treinamento tentando o realizar e, se fosse possível, sem demora, já que os treinos de Kenjutsu já tiraram tempo o suficiente para que o dia já começasse a demonstrar o sol no horizonte, prestes a desaparecer.

- Vamos lá! -Sussurrou, buscando não atrapalhar outros membros do time que possivelmente estariam em treinamento ou afins. Aquele jutsu, basicamente, faria o usuário expelir uma boa quantia de chakra transformado em Katon, contudo, em sua forma gasosa e inflamável, sendo possivelmente, um material perto de pólvora.

Aquilo era um tanto quanto forte e, poderia basicamente decidir toda uma batalha, além de ser útil para criar distrações e/ou meios de se manter fora dos olhos de seus inimigos, basicamente, ocultar-se em algo que após algum tempo, poderia ser estourado! Quer dizer, ao menos essas seriam as ideias básicas do garoto que praticamente mal tinha lido toda a descrição completa do jutsu, mas isto logo era providenciado e, posteriormente, feito. Como era esperado, aquele jutsu realmente era um tanto quanto fácil, ao menos seu entendimento, contudo, pela primeira vez, deveria expelir a quantia de chakra amassado e transformado por sua boca, algo incomum para o garoto, sendo que isto levava dúvidas em sua mente.

[...]

Inúmeras tentativas foram necessárias e, era um tanto quanto diferente poder expelir aquele chakra em katon pela boca, já que até o momento só teria expelido, no máximo, seu Fuuton como forma ofensiva, mas pouco a pouco, o garoto mostrava-se ficar um tanto quanto bom, realizando e tentando realizar a maioria das vezes aquele jutsu até que... Finalmente conseguiu dominar por completo o Katon!

- Isso! -Murmurou, sorrindo. Faltava agora apenas o Genjutsu e, o fato do mesmo ser bem simples possivelmente ajudaria seu entendimento, tal como realização, ajudando assim possivelmente em usa-lo o mais rápido possível, se fosse necessário.

Basicamente, ele provavelmente seria como um jutsu suporte que buscava criar prováveis armadilhas em áreas, coisa útil durante lutas e/ou missões importantes e, apesar de não ter gostado tanto do efeito inicial de tal jutsu, Hayato percebia que ele poderia até ser um pouco útil, se usado de maneira inteligente. Enfim e, buscando velocidade, o garoto usaria chakra o suficiente para realiza-lo e, por fim, a primeira tentativa, sendo que a mesma seria basicamente mudar um pedaço do chão para algo que pudesse parecer um lago e/ou algo parecido, infelizmente aquilo não daria muito certo.

Em seguida, mais tentativas viriam e, por fim, o jutsu era realizado com alguma dificuldade e com uma enorme falta de chakra, simbolizando que aquele treinamento realmente teria sido extremamente... Intenso, apesar de ser, dentre os dois feitos, o menor. Apesar disto, o garoto só tinha conseguido criar imagens inertes e/ou com pouco movimento, algo que poderia diminuir -e muito- o quão bom aquele jutsu poderia vir a se transformar.

Treinamento - 30 Linhas Katon & Genjutsu

▲BY LOONY!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 2:23 pm

  Life is Just a Game!


Jutsus Treinados

Kenjutsu
- Kenjutsu Ryuu (D-S)
- Issen (A)
- Ansatsu no Jutsu (B)
- Kumo Ryuu - Mikazukigiri (C)
- Iaido (D)

Ninjutsu
- Katon - Haisekishou (B)

Genjutsu
- Magen • Kokuni Arazu no Jutsu (B)

Pontos: 3+3+2+2+2+1+1= 14

This is War!

▲BY LOONY!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shimizu

avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 3:49 pm

The sheer of the waters

Os treinos continuam. Havia dado um certo intervalo de descanso entre eles, para uma missão da qual acabava de chegar. Me sentia satisfeito por ter realizado pela primeira vez um a missão em grupo, o que para minha sorte consegui me dar bem com eles. De qualquer forma, agora deveria me focar em voltar pro treino, pois o tão esperado Chunnin Shiken se aproximava a cada dia. -Tem razão... vejam só, quanto tempo faz desde que entrei nesse mundo?E agora estou tão perto de um grande passo para meu objetivo... - Disse, sorrindo, enquanto observava o amanhecer do local em que eu treinava.
Com a luz do sol se espalhando pelo local, os cristais pararam de brilhar, e a temperatura que antes era um frio aconchegante, agora era tomado por um calor não muito agradável.De qualquer modo, ainda restavam 4 pergaminhos com Jutsus que eu deveria treinar, e ficar aqui reclamando do calor, não mudaria nada.Caminhei até o local onde os pergaminhos estavam intactos, e puxei um deles a mão.Segurei-o firme, enquanto pensava algo como..."O que será que me aguarda nesse Chunnin Shiken?Desafios como os que eu enfrentava em minha vila? Perguntei.
Minha pergunta ecoou sem resposta na minha mente. Mais não podia me deixar abalar por aquilo logo agora tão perto de uma coisa tão importante. Abri imediatamente o pergaminho, e lendo cada detalhe entendi do que se tratava. Um jutsu muito útil por sinal, mais também que me traziam as mesmas lembranças.
Os malditos Konohagakurianos continuam a ser lembrados me minha mente, sempre que vejo um Jutsus semelhante ao que "ele" usava. "Maldito!Aquele dia em que perdi pra você... foi meu renascimento... e eu jurei que jamais perderia outra vez! Bravejei, perdendo um pouco da compostura. Aquela lembrança de fato era de algum Ninja, shinobi, e que conhecia muitas das técnicas que eu estava aprendendo. Ironia do destino não.
Terminado de pensar, era hora de começar a executar o Jutsu.Por ser de Rank, requeria um gasto mais elevado de chakra, e sozinho eu não poderia treina-lo. Porém, era arriscado usar o Kage Bushin agora, sendo que mal dominei a técnica. O Veredito então foi dado, eu treinaria primeiro a execução da técnica, e depois a prática. Comecei então por manipular meu chakra Suiton, mais aqueles pensamentos continuavam me trazendo certo nervosismo. Era tão complicado lembrar do passado assim mesmo?Satirizei a situação.
Enquanto o gennin estava caído, me levantei já recuperado da zonzeira, eu ainda estava com muito chakra e ainda tinha de derrotar o Nukkenin, aquela seria uma luta muito difícil para o meu lado, já que minha especialidade era luta a longa e média distância, não a curta.
Cheguei para perto do gennin, comecei então a rir como ele ria ao me ver caído, agora a situação era a inversa, ele era um lixo e eu era o rubi mais precioso do mundo.Hora de matar, agora eu iria acabar com aquele ninja sem honra, ele tinha de morrer...Essa é a justiça do mundo shinobi...
Peguei em seu colarinho e o ergui a altura de minha cara, eu estava enfurecido mas eu sentia que ainda não era hora de matar aquele fracote, eu tinha de preparar um enterro a altura de um oponente fraco como ele, ele teria a honra de receber uma morte como eu planejei para ele...
Minha fúria já havia se auto-desfeito e eu já estava mais calmo e instável, meus machucados já não doíam e já haviam se cicatrizado, meu chakra havia se auto-restaurado.Comecei a concentrar chakra dentro de meu estômago e então lancei uma rajada de líquido que era muito grudento, deixando o pequeno contra brandidor preso.
Olhando para a face de meu oponente, vi que ele estava nervoso e também estava com medo, será que a morte dele seria divertida pra mim?Isso era oque eu ia descobrir nesse momento.Lancei um golpe contra ele usando sua própria espada, cortando seu pescoço mas logo uma cortina de fumaça branca subiu...
Era apenas um clone, aquela difícil luta tinha ocorrido só pra destruir um clone?Me senti patético, o verdadeiro devia estar chegando e eu não iria conseguir derrota-lo, eu não havia derrotado nem seu clone direito.Meu poder com os jutsus anteriormente treinados havia aumentado, mas eu ainda não era forte o bastante...
Ouvi o barulho de outros bandido chegando, me virei e olhei, eram mais clones das sombras, seja quem for, o gennin que havia me atacado era tão forte quanto um Jounnin para criar tantos clones, em minha vista, eram no mínimo 50 clones...
Os clones do pirralho vieram em minha direção mas antes que me atacassem, coloquei minha mão sobre a prisão de líquido que eu havia criado anteriormente e então desta foram criados alguns tubarões líquidos que foram em direção dos clones, que os atingiram, fazendo com que os tubarões se dividissem em milhares e milhares de microscópicos tubarõezinhos
Após concluir alguns jutsus como treinamento, vi que tinha de me focar em algum jutsu não elemental, algum que auxiliasse minhas habilidades naturais. Eu portava grande velocidade em vários aspectos, eis que me lembrei de um pergaminho, uma técnica que me auxiliaria na própria velocidade!
Retirei tal pergaminho com grande facilidade de minhas vestes, violei seu lacre de Ninjutsu e iniciei sua leitura básica, cada uma de suas informações eram absorvidas por mim, onde, na leitura silenciosa constava: - "Um jutsu basico usado por Kakashi durante o resgate de Gaara, onde o mesmo concentra o chakra em suas pernas, assim podendo pular mais alto e correr mais rapido do que normalmente correria."
Após a leitura extremamente rápida, retornei o lacre ao pergaminho e o guardei. Percebi que tal técnica tinha a mesma mecânica do Shunshin no Jutsu, no entanto, tinha-se de manter o chakra constante ao contrário de calcular previamente a distância e definir uma velocidade. Usufruindo de minha agilidade natural com o meu chakra, estaria ai uma grande oportunidade de vencer!
Concentrei pacientemente meu chakra em meus pés, mantive o fluxo constante de forma semelhante ao Mizu no Kinobori. Visei percorrer por todo o local e assim, percebi que minha velocidade aumentou muito comparado ao inicio, conseguia saltar muito mais alto, correr de forma mais fugaz. Para completar aquele treinamento, criei uma espada de Fogo em minha mão destra e cortei em diversos ângulos diferenciados uma enorme rocha do local.
Depois de concluir mais um genjutsu eu voltei para onde havia deixado minhas coisas, dei uma pausa pequena no treino para descansar, recarregar a bateria. Depois de um tempo de descanso me sentei, peguei uma bebida na mochila assim como um pergaminho. Bebi um pouco de água e depois abri o pergaminho sobre minhas pernas cruzadas iniciando a leitura logo que de imediato.
A técnica que estava contida no pergaminho foi um tanto difícil de intender a principio, mas logo depois eu entendi oque devia fazer. Fechei o pergaminho e o guardei, me levantei depois disso e criei alguns bunshins para me auxiliar. Eu joguei uma bomba de fumaça no chão e eles se esconderam apos isso. Eu fechei os olhos e me concentrei, tentava localiza-los sentido os seus chakras, sem usar do meu, era como aprimorar os sentidos.
Demorei até conseguir escutar além do que meus ouvidos me permitiam, bastava eu me concentrar pra ouvir e sentir a presença de tudo que tinha vida a um raio de trinta metros. Assim eu consegui encontrar os bunshins mesmo estando de olhos fechados, eu levei as mãos ao meu bolso e saquei algumas shurikens, abri os olhos e atirei-as onde havia sentido cada um dos bunshins, acabou que cada lugar que as shurikens foram uma fumaça surgiu, eram os clones se desfazendo ao serem atingidos.
Concluía aquela técnica e dava uma pequena pausa no treinamento. Aproveitei para beber um pouco d'água e comer algumas batatinhas que havia trago comigo na mochila. Depois de ter forrado o buxo eu puxei a bolsa e retirei um pergaminho de dentro dela. Limpei minha camisa cheia de farelos e abri o pergaminho sobre meu colo. Comecei a ler o conteúdo do pergaminho, no titulo dele falava "Naturezas de Chakra". Não me lembrava de ter pego esse pergaminho, mas eu não deixava passar nenhum que eu puxasse da mochila.
Fui até o sensei, pedi a ele que deixasse treinar mais uma técnica antes de ir embora, então ele deixou eu treinar outra técnica, era uma técnica que criava um clone de água explosivo, então eu fui lendo os pergaminhos de técnicas, então eu fui treinar, sensei esperava muito de mim, eu sabia disso.
Concentrei meu chakra de água, para criar o clone explosivo, que era dificil de lidar, não tendo conhecimento, eu sabia disso, por isso queria aprender logo esse jutsu que eu usaria muito no meu dia-a-dia ninja, então fui concentrando mais e mais chakra,então fiz um clone, para que eu o explodisse.
Eu sabia que o clone era remoto, e eu podia explodi-lo, mas quando eu menos experava, o clone explodiu perto de mim, eu cai longe dali, então eu percebi que eu não tinha total controle sobre o clone, então eu fui tentar fazer a técnica novamente, então concentrei meu chakra denovo para criar o clone.
Eu criei o clone e ainda concentrei mais chakra para controla-lo, eu sabia que todo cuidado era pouco, mas vendo que eu estava já controlando-o eu parcialmente deixei de concentrar chakra, então o clone explodiu inexplicavelmente, pois ele já estava sobre eu controle, então eu pensei em outra coisa.
Então eu pensei que o clone poderia estar malfeito no começo, pois eu estava me concentrando menos, então dessa vez eu concentrei o máximo de chakra que pude, e estava quase conseguindo fazer o clone sair, até que o clone saiu, então eu parei de concentrar chakra e vi que o clone estava completamente estável.
Então eu fui testar o clone, o sensei fez um outro clone, e pediu para que testasse a técnica nele, então eu deixei um clone perto do outro, fiz os selos necessários e o clone explodiu, estava perfeitamente concluida aquela técnica, eu estava bem alegre, por conseguir conclui-la, então fui embora dali, depois de me despedir do sensei.
Outro jutsu fora dominado, fitei o campo de treino e novamente percebi que Hayato estava imóvel, quando ela iria iniciar seus treinos? Assim ele iria continuar como uma estudante de academia! Mas certamente, ela é forte... É perceptível em seu olhar. - Essa jornada Shinobi será muito interessante! - Citei em um tom suave para que todos ouvissem, seguido de uma inocente gargalhada. Caminhei rumo a um dos últimos pergaminhos de treino, este por sua vez tinha um Kanji escrito “Ilusão” em seu lacre. Estava mudando meu estilo de treino ?
Limpei totalmente a minha concentração atual, abri o pergaminho e me foquei em apenas aprender a mecânica do próximo jutsu, na qual citava claramente: - “É um genjutsu poderoso que gera uma chuva de vibração indutora de sono, penas brancas ilusórias. Quem vê-las caindo, acumulando e cobrindo toda a área em volta, vai cair em um estado de sono tranquilo. Não importa o quanto alguém resiste ao encanto hipnótico, o desejo de dormir é instintivo, e não há como lutar contra isso. No entanto, um shinobi experiente será capaz de dissipar o genjutsu antes que ele entre em vigor.” - Me levantei e lacrei novamente o pergaminho, voltei para minha posição inicial e de introdução, criei um clone das sombras utilizando um selo especifico e dividindo o meu próprio Chakra.
Executei o selo do Tigre enquanto visei criar ondas de vibrações com o meu chakra. Tais ondas conseguiram adentrar o sistema nervoso do Bunshin e ele por sua vez, ficou levemente atordoado, obviamente a técnica fora um fracasso! Percebi que Genjutsus não eram uma coisa tão fácil quanto sempre pensei. Iniciei novamente a técnica com extrema paciência, criei várias vibrações que por fim, colocaram o Bunshin em um estado de transe e de coma, que me auxiliaria em minhas lutas.

▲▼

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shimizu

avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 3:58 pm

The sheer of the waters
Jutsus treinados:
- Mizu Bunshin Bakuha no Jutsu (B)
- Suiton - Mizuame Nabara (C)
- Suiton - Amesuikouha (C)
- Chakra no Ashi (C)
--------------------
- Magen • Kokuni Arazu no Jutsu (B)
- Nehan Shouja no Jutsu (B)
--------------------
 - Keimon (D)

Pontos adquiridos:
2+1+1+1+2+2+1=10+4=14

Observações:
- Favor att 4 pontos a mais, já que a soma que fiz na semana anterior foi baseada no Keimon(1 ponto) e não no Fuuinjutsu - Sunde Shouheki (3), e tendo em mente que quando foi atualizado a soma valia o dobro de pontos, esse seria o valor. (1.2=2 | 3.2=6 | 6-2(que foi o valor colocado)= 4)
- Troquei um dos jutsus por conta de minha pessoa ter copiado e colado errado -q
- Jutsus serão att antes da semana pois estou no torneio.

▲▼

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sensei Shimaru

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Seg Fev 16, 2015 9:40 pm

Time 01 de Konogakure

- Shimaru entregou pergaminhos para o integrante do time que chegara atrasado.
Jutsus Takeshi:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Adrian

avatar

Mensagens : 196
Data de inscrição : 05/02/2015
Idade : 18
Localização : Goianira

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Ter Fev 17, 2015 1:09 am

@Atualizados Shimizu e Hayato.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Ter Fev 17, 2015 9:40 pm


TREINOS - 115 ++
A noticia de um treino dobrado chegara até as mãos do primeiro time de KOnoha. Takeshi, Shizumi e Hayato logo se arrumaram para treinar, Takeshi fora oque mais demorou, não estava pronto ainda para treinar como seus companheiros. Algo lhe incomodava, mas oque? Sentia seu corpo pesada como nunca sentira antes desde o despertar de sua Kg, o corpo que agora vivia leve graças a sua habilidade estava pesado, não conseguia ao menos mover sua mão ou sua perna. Algo estava acontecendo, algo estava prendendo-o.  Este por usa vez já estava dentro da floresta quando este incomodo acertou-o, era como da ultima vez em que encontrara a senhora que lhe ensinara que tudo hoje sabe, mas desta vez ele não perdera a consciência como na ultima vez, ele visualizava tudo e a todos. Os galhos das arvores foram envolvidos por uma ventania sem igual. O tronco das árvores pareciam que iam ser retirados do chão a qualquer momento, era só a força do vento aumentar que.... Uma árvore fora arrancada do chão indo em direção a Takeshi que recobrara suas forças.

- ... - Uma parede de papel se formou a sua frente quando este erguera suas mãos, a arvore fora partida ao meio e continuou seu trajeto sendo arremessada para longe. Takeshgi por sua vez continuou em pé com as mãos erguidas para frente, o vento que atingira a árvore agora ia contra ele com uma enorme velocidade e poder. Oque estava acontecendo? A parede de papel que estava a sua frente logo começava a se desfazer, os papeis começavam a se separar, logo mais Takeshi enfrentaria a mãe natureza.

Takeshi olhou para o lado e viu que algumas árvores resistia a tal vento. Será que...? Ele pensou. Levantou as mãos para cima e o chakra fora liberado, seu corpo começou a produzir incontáveis papeis que foram tomando forma. Uma forma que assemelhou a tudo que estava ao redor de Takeshi, ele se via agora no interior de uma árvore feita puramente de papel reforçada com chakra e com um resistência alta para parar o vento. Ele estava protegido. - Kami Moku - Ele sussurrou dando nome ao próprio jutsu que utilizara, mal sabendo ele que este jutsu já fora criado e utilizado pela Konan criando uma gigantesca árvore de papel que por fora parece uma árvore de verdade.

- Você melhorou muito meu aluno.... porém. - Uma voz reconhecida chegou aos ouvido de Takeshi, mas como ele estava dentro da árvore e nada conseguiria penetra-la. Um simples respirar fez com que ele virasse e observasse uma senhora atrás dele. A senhora que lhe ensinara tudo que hoje sabe, basicamente tudo. Atrás dela a arvore havia sido desfeita, era como se a arvore tivesse sido criada já com aquele buraco. - Vamos seu sensei lhe entregou alguns jutsus, porém tive a ousadia de rouba-los para lhe ensinar.... - O sorriso malicioso no rosto da mulher despertara o interesse em Takeshi que logo se levantou e seguiu-a. A velha não estava como antes, parecia mais jovem e mais viva, oque acontecera afinal. Ambos se espalharam pelo local tornando-se papeis e voaram com auxilio do vento, para longe. Bem longe.

Muita coisa mudou desde o primeiro treino, não só a personalidade que Takeshi carregava, mas como também seu modo de pensar. Sua Kg lhe concedera mudanças significativas, a maioria destas para melhor. A unica coisa que se tivesse tido escolha teria deixado seu orgulho de alado assim como o pensar que é melhor que todos. Um dia aquele pensamento iria mata-lo ou matar tudo que lhe é importante, sua família. O pensar o fizera esquecer da noção do tempo e da localização, agora sobrevoavam uma parte da floresta que era reconhecida tanto para ele como a senhora, o primeiro encontro. O simples olhar que lançou pelo campo o fez lembrar das primeiras palavras ditas pela senhora sobre sua kg. "Usando seu origami e suas habilidades em ninjutsu, Konan pode transformar seu corpo e roupas em muitas folhas de papel. Ela pode controlar e remodelar partes de seu corpo à vontade, fazendo formas, tais como armas de ataque, borboletas de espionagem, aviões de papel para o transporte rápido, ou simplesmente para cobrir seu inimigo com papel, prendê-lo e asfixia-lo. Ela também é capaz de voar em sua forma de papel.Estes papéis são aparentemente descartáveis, incluindo partes de seu corpo convertidas em papel, a quantidade de papel que ela pode gastar depende de sua reserva de chakra. Ela também pode esconder selos explosivos entre seus papéis para adicionar uma surpresa mortal em seus ataques. Desta forma, no entanto, ela é fraca para técnicas a base de óleo, o que faz o papel amolecer. Porém, não é fraco contra água na mesma medida, como visto quando Pain tirou o óleo dela com o Suiton: Hōmatsu Rappa, e também quando ela usa papéis na sua aldeia, Amegakure onde sempre chove, e mais tarde em sua batalha contra Tobi onde ela divide um lago com seus papéis. É mostrado mais tarde no anime, Konan usando a água para sua vantagem, encharcando o seu corpo de papel na água, para que as chamas e o calor não queimassem ela.".

- Ei não vamos nos focar nesses pergaminhos, quero um treino do mesmo jeito que antes, não quero me prender a conhecimentos em papeis quero praticas... - Dizia Takeshi quando os dois já se reagruparam e ficaram um a frente do outro. - Então oque me diz? - Perguntou erguendo a sobrancelha. Não houve resposta por parte da senhora, esta só fechou os olhos deixando que o chara desta transbordasse seu corpo. Diferente do chakra de Takeshi o da mesma passava segurança e paz, apesar de ser forte. Era como se você estivesse olhando diretamente para a alma dela, o chakra deixava claro que nada aconteceria e não iria deixar nada de errado acontecer. Este era o poder da senhora.

E como feito antes uma arvóre começou a ser erguer do chão engolindo Takeshi, Porém algo estava estranho desta vez, a arvore não era como antigamente, a arvore que a senhora criara parecia prende-lo entre as vigas. De repente a mesma desapareceu reaparecendo por de dentro da árvore trajando uma espada feita de papel na altura do pescoço. Como ela conseguia fazer isso? Takeshi sentia a árvore atras de si e percebia que não era feita de papel, era natural... Não! O garoto conhecia sua mestra e sabia que ela possuía outros tipos de jutsus nas mangas, e o que estava a presenciar agora era um genjutsu que fora interrompido pelo mesmo com um "Kai". O jutsu fora estudado pelo gennin e logo colocara sua sensei no mesmo jutsu. A mesma sorriu em meio a ilusão e logo se desfez em papel saindo do gen. Mas algo lhe aguardava no mundo dos vivo, uma verdadeira árvore pendia-se atrás dela, mas como era possível um genjutsu em cima de outro genjutsu? Não, as duas árvores eram diferentes, uma carregava espinhos e a outra rosas. E foram essas rosas que causaram a explosão que se seguiu consumindo a mesma. Ou quase.

Antes disso esta já se dissipava pelo local deixando com que seus papeis preenchessem toda a floresta. Takeshi sabia que aquilo não era nada bom, mas isso iria lhe ajudar também, pois assim como ele a senhora trajava uma mesma Kg que ele, poderia agora muito bem utilizar dos mesmos papeis que ela. E fora isso que o gennin fizera, quando esta voltou ao seu corpo original, os papeis que jazia abaixo dela começaram a se unir no corpo desta, estes preenchiam todo o corpo desta até que a sufocasse. Flores foram liberadas também pelo Takeshi que logo ao comando de alguns selos começaram a subir pelo copo da mesma, flores feitas de kibaku fuda que logo explodiram.

Como sempre a mulher sempre a mulher conseguira escapar, mas desta vez utilizando uma substituição de ultima hora. Ela estaria guardando aquilo para algo inusitado e parece que esse algo acontecera. De de repente uma fuuma shuriken apareceu no campo indo contra Takeshi e antes de chegar próximo a ele esta se expandiu ceifando-o ao meio. Ou melhor, seus papéis. Takeshi utilizara o som daquela arma cortando o vento para utilizar um de seus novos genjutsu, um genjutsu que utilizava do som para entrar na mente das pessoas criando ilusões de seu oponente, logo a senhora estaria olhando para 20 Takeshi's e no segundo seguinte para nenhum. Genjutsu não funcionava com esta. - Muito bem! esse treino acabou! - Disse a senhora desaparecendo dispensando Takeshi.  

thanks weird for Lotus Graphics



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Ter Fev 17, 2015 9:55 pm

Jutsus treinados:

Ninjutsus:

- Kami Moku (B)
- Kami no Chissokushi (A)
- Ninpou - Shuriken Goshin no Jutsu (C)
- Kibaku Fuuda no Jutsu (B)
- Katon no Tate (B)

Genjtusu:

- Magen • Jubaku Satsu (B)
- Oto no Gen (B)

Pontos: 2+3+1+2+2+2+2: 14


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Haruyuki Ken

avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 07/02/2015
Idade : 19
Localização : HUEBR

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Ter Fev 17, 2015 10:38 pm

Aceito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Ter Fev 17, 2015 11:03 pm


MIssão ai vou eu!

O cansaço logo começava a se esvair, sentia meu corpo responder aos meus comandos como antigamente, estava ficando natural meu corpo chegar ao máximo em meus treinos, tudo estava sendo rápido demais, minha evolução, tudo. As vezes só queria perceber cada segundo do dia passar e estar acordado em todas as horas, mas quando estava em meus treinamentos, o tempo era uma das únicas coisas que não possuía controle.

- E então? - Perguntei-me olhando em volta o campo que me cercava.

Uma questão fora gerada dentro da minha cabeça. "Aonde vocês estão?". Só de pensar que ainda não tinha conversado com ambos me dava uma angustia no peito, queria pelo menos ver com quem lidava, e se nossa convivência seria boa, queriam ao menos saber seus nomes. Mas voltando á questão inicial. "Aonde eles estão?". Se perguntou levantando-se e caminhando pelo campo.

- Que seja! - Resmungou colocando ambas as mãos dentro de suas veste indo em direção a vila.

Thanks Tiago © 2013


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki

avatar

Mensagens : 136
Data de inscrição : 08/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Sab Fev 21, 2015 3:30 pm



Campo de Treinamento

- Só pode estar de brincadeira, aonde é que fica afinal? - Perguntava-me já estressado pelo fato de andar sem direção pela floresta que rodeava Konoha.

"Hideki,

Você fora selecionado para fazer parte da do Time 1 de Konoha, a área fica em meio a uma das florestas dentro dos limites da vila e mesmo depois de tais confrontos os perigos aqui se tornaram mínimos. Escolhida pelo seu professor.

Atensiosamente, Shimaru.
PS: Não se atrase."

- Não podia ter especificado mais né? - Gritei socando uma das arvores descontando minha raiva.

Já não sabia qual rumo pegar, mais de meia hora havia se passado desde que entrei na floresta, não me lembro de ter desviado do caminho, só sei que nada encontrei, segui como fora instruído na carata que me fora enviada, porém nada nela dava a direção correta a qual seguir, oque me deixava mais frustado. O único barulho que conseguia ouvir era da minha respiração, até os animais ao meu redor preferiram ficar calados deixando-me na solidão. Não me importava nem um pouco com tal silêncio, mas a solidão? A isso eu não conseguia suportar.

- Oque é isso? - Indaguei repentinamente ao sentir algo abaixo do meu pé.

Ao olhar para vi uma rocha antiga abaixo do meu pé, ao seu lado mais rocha, quando voltei minha atenção para o meu redor percebi que não estava mais em uma simples floresta. Batalhas certamente aconteceram ali, pois o local acabou tomando aparência de ruínas antigas, vigas enroscavam pedras enormes e escondendo-as por de traz delas. Um santuário se formava ao meu redor, procurei descrevê-lo da melhor maneira possível, mas não encontrei as palavras certas para expressar tamanha beleza.

- ... - Resmunguei deixando de lado a beleza do local e fitando mais adiante.

Em cima de uma das rochas que completavam o santuário, uma pessoas jazia sentada, esta possuía cabelos brancos quase iguais aos meus, oque me levou a uma pergunta. Seria ele um Hatake? Isso não importava não agora, o primeiro contato havia sido feito e a primeira impressão havia sito tirada. Me aproximei lentamente da pedra a qual ele estava sentado e curvei minha cabeça ara cima.

- Você deve ser o Shimaru, sou Hideki, me enviaram aqui. - Curto e grosso.


Template feito por Zafrina - TPO



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sensei Shimaru

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 07/02/2015

MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   Sab Fev 21, 2015 4:52 pm

Time 01 de Konogakure

- Shimaru entregou pergaminhos para o integrante do time que chegara atrasado.
Jutsus Hideki:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Treino Conjunto] Time 01 - Crane, Haruyuki Ken e Hideki
» [Treino Conjunto] Time 02 - Charlotte, Marilyn e Samesuke
» [Treino Conjunto] Time 01 - Adrian, Skys e Kariya
» [Treino Conjunto] Time 02 - Isane, Yuyuko e Lenalee
» "Falsa Sensação de Segurança" Chapter VI "Treino Conjunto - O Nascimento de novos seres"

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saikai Forever :: Mundo Ninja !! :: Konohagakure no Sato :: Treinamentos&Missões :: Treino em equipe-
Ir para: